terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

OS BUNDE EM CURITIBA

Curitiba em 1870
Foto e mais detalhes, clique aqui

A família Bunde era de origem rural desde a Pomerânia. Em Curitiba provavelmente não foi diferente. Quando subiu da colônia Dona Francisca (Joinville) para o planalto, entre 1872 e 1875, foi se instalar no rocio de Curitiba. No entanto, não foram colonos, ou seja, não tiveram lotes adquiridos com os incentivos do governo imperial.

Curitiba em 1876, por ocasião da chegada das famílias Gerber e Bunde. Acervo do Museu Paranaense.





"Typicos carroções introduzidos aqui no Paraná por colonos allemães."

Fonte: “Os allemães no Paraná – Esboço Histórico” de Ernesto Niemeyer, pg.69 e 45.

Em Curitiba, a comercialização dos horti-fruti era feita no Mercado Municipal, localizado onde atualmente é a  praça Generoso Marques.  Inaugurado em 1874 era novidade por ocasião da chegada da família Bunde, de Johann Gerber e da família Robert na cidade.




Na esquina do lado esquerdo, a casa Edith, inaugurada em 1879 e que funciona ainda hoje.



A partir de 1914 o Mercado deu lugar ao Paço Municipal (Prefeitura). No centro da foto abaixo, a estátua do Barão cercada por pessoas num provável comício, um palanque na frente da construção do novo edíficio que foi levantado  sobre a estrutura do antigo Mercado. Ao fundo as torres da Catedral. Foto sem data, aproximadamente 1912.




em 2012

A mesma praça (Praça Generoso Marques) com a estátua do Barão ao lado direito e o topo das torres da Catedral ao fundo do prédio mais baixo. Parte do piso do antigo Mercado pode ser vista no prédio do atual Sesc Paço da Liberdade, no Centro de Informação Digital, na Livraria e no Café do Paço.





Outras fotos de Curitiba, clique aqui e aqui.

E com essa postagem considero encerrada  a publicação da pesquisa sobre a família de minha mãe: Maria de Lourdes Robert.





terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

A FAMÍLIA DE CARL CHRISTIAN BUNDE

Carl Bunde chegou ao Brasil junto com Ferdinand Bunde, em 1869. Ele desembarcou com a mulher Auguste e mais seis crianças: Friedrich com 21 anos, Albertine com 16 anos, Julius com 14 anos, Emilie com 12 anos, Albert com 8 anos e Alwine com 5.


1. Friedrich Bunde nascido em 31 de dezembro de 1847, em Koseeger, Kolberg-Körlin, Pomerânia. 

Em dezembro de 1872 na Igreja Luterana de Joinville-Centro casou com Bertha Lasanke, nessa ocasião declarou que já residia em Curitiba. Bertha Lasanke nasceu dia 07 de setembro de 1847 na Pomerânia, filha de Ludwig e Friedrike. Foram padrinhos do casamento Ferdinand (ilegível) e Auguste Langesmann, veja aqui (pg. 89).




O casal teve os filhos: 
- Luize (nascida em São Francisco do Sul em 17.3.1871 ? e casada em Curitiba dia 04 de maio de 1889 com Leopoldino de Oliveira Franco, com quem teve Francisca, Alberto, Leopoldino, Jovina, Walfrido, Ernestina - todos batizados na Catedral de Curitiba).
- Albert (nascido em Curitiba dia 14.3.1873 e casado com Rosaline Schulz), cunhado de Leonard Robert, veja aqui.
- Marie Theresia (nascida em Curitiba dia 06.4.1875 e casada com Emil Póplon),
- Franciska (nascida em Curitiba dia 20.5.1878), 
- Helene (nascida em Curitiba dia 14.2.1881 e falecida em 28.8.1954) , 
- Carl Friedrich (nascido em Curitiba dia 17.2.1885 e casado com Adelhaide Born) e
- Ernest Ewald (nascido em Curitiba, dia 15.06.1887 e falecido em 1891, aqui)


2. Albertine Auguste Caroline, minha trisavó, em seu casamento em Curitiba em 1875, declarou ser filha de Christian Bunde e de Sophie Krüger. 



Para saber mais sobre Albertine, seu marido e seus filhos, clique aqui e leia também as postagens seguintes.

Albertine

3. Julius Johann Carl Bunde nascido em Koseeger no ano de 1856, casou com Margarida Chyla em Curitiba, no cartório do Bacacheri, dia 30 de janeiro de 1892, veja aquiNa ocasião afirmou que  era filho de Carlos Ludovico Bunde e de Henriqueta Ulrica Caroline. 

No casamento ele declarou ser oleiro. Até hoje no bairro do Bacacheri existe um indústria cerâmica centenária, a Colle SA, Cerâmica São Marcos de 1871, para ver fotos, clique aqui e aqui.


Julius casou na Catedral de Curitiba com Margarida, dia 25 de janeiro de 1892, veja aqui, num casamento misto, onde declarou ser filho de Carlos e Carolina Bunde. (Que confusão de nomes !!)


Com Margarida, Julius teve ao menos 3 filhos:

Augusto, nascido em 11 de março de 1893
Alvina, nascida em 4 de agosto de 1894
Anna, nascida em 23 de junho de 1896


4. Emilie, nasceu aproximadamente em 1857. Hermann Bunde, nascido em 18 de outubro de 1880 e casado com Anna Weigert, é filho de Emílie Bunde, a confirmar.



5. Em 21 de março de 1875, na Igreja Luterana de Curitiba, Albert Heinrich Ferdinand, nascido em 8 de junho de 1861, então com 14 anos de idade, fez a confirmação de seu batismo. Na ocasião declarou que era filho de Christian Bunde e Dorothee Sophie Krüger, os mesmos pais de Albertine.






6. Alwine Bunde, nascida em 08 de maio de 1864. Desembarcou com o tio Carl Christian Bunde em 1869. Casou em Curitiba dia 21 de dezembro de 1884 com o tipógrafo Julius Koch. Julius era filho de Otto e Sophie geb. Schröder e nascido em 1865 na Bahia, veja aquiForam padrinhos do casamento, Leonardo da Silva Lopes e Georg Dechand. 

Ela faleceu em 16 de agosto de 1891, veja aqui, por problemas no parto, deixando um filho, Otto. Ele faleceu em 26 de junho de 1926, veja aqui.


Os pais dos jovens acima faleceram em Curitiba. A mãe, Dorothee Sophie Henriqueta Bunde geb. Krüger faleceu dia 30 de outubro de 1898, veja aqui. Seu marido, Carl Christian Bunde faleceu dia 29 de fevereiro de 1904, veja aqui e aqui. O óbito dos dois foi assentado no cartório do Bacacheri.

O filho mais velho de Carl Christian, Friedrich Bunde,  precedeu a todos na ida a Curitiba. Voltou para Joinville em 1872 a fim de celebrar seu casamento. A partir dessa data a família inteira se mudou para a capital paranaense, para saber quando e como, clique aqui e aqui.

Se você tiver fotos das famílias e quiser compartilhar, eu agradeço e muito ... :)

Foi indispensável para a organização das famílias de Carl Bunde e Ferdinand Bunde, o acesso às fichas de pesquisa do professor da UFPR, Sérgio Odilon Nadalin. Muito obrigada !





terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

A FAMÍLIA DE FERDINAND BUNDE


Ferdinand Bunde desembarcou em 1869 com a mulher Caroline Lilye e 6 crianças, mas eram 7 os seus filhos. Desembarcaram com o casal a filha Wilhelmine com 16 anos, Wilhelm com 14, Carl com 12, Franz com 9, Johanne com 6 e Albert com 3 anos de idade.

Sophie Bunde, que na época contava com 62 anos de idade, nascida portanto em 1807, acompanhou o filho nessa jornada.

Ferdinand nasceu aproximadamente em 1825 em Koseeger, Kolberg-Körlin, Pomerânia. Sua mulher, Caroline, nasceu aproximadamente em 1829 era de Semerow, Schiefelbein, Köslin, Pomerânia. Ela faleceu em Curitiba dia 04 de novembro de 1885, veja aqui.
  
Os filhos do casal:

1. Wilhelmine Justine Friedrike, nascida em 1853 na Pomerânia. Wilhelmine casou em Curitiba dia 19 de outubro de 1878 com Christian Friedrich Vosgerau também nascido em 1853 e filho de Carl Johann Friedrich e Margaretha Catharine Dorothee geb. Gotsch. Foram padrinhos no casamento, Johann Vosgerau e Wilhelm Bunde  (irmão da noiva). Christian foi declarante do óbito da sogra, Caroline Lilye, onde declarou ser pedreiro de profissão, aqui.

2. Wilhelm Bunde, nascido aproximadamente em 1855. Saiu de Curitiba e foi para Botucatu-SP onde casou na Catedral Sant'Ana em 07 de dezembro de 1886 com Benedikta Sauer, veja aqui. Provavelmente saiu de Curitiba em busca de trabalho na ferrovia, é interessante observar que em Botucatu existiu uma colonia de alemães. Um dos filhos do casal era August Bunde, nascido em Botucatu em 1893 (aproximadamente), ferroviário, casado em Itatinga-SP na Igreja São João Batista dia 06 de maio de 1916 com Joanna Marson veja aqui, falecido em Ourinhos-SP.

(Informações fornecidas por Rubens Damião, trisneto de Wilhelm, muito obrigada Rubens).

3. Carl Bunde, nascido aproximadamente em 1857.

4. Franz (ou Hans) Bunde, nascido em 05 de setembro de 1861, fez a confirmação (nº28) na Igreja Luterana de Curitiba em 09 de abril de 1876, veja aqui.

5. Johanna Bunde, nascida em 1862. Johanna casou dia 18 de setembro de 1880 com Johann D. (Dellef ?) Vosgerau, nascido em ~1857, irmão e padrinho de casamento do marido de Wilhelmine Justine. Duas irmãs casadas com dois irmãos.

6. O último filho do casal Ferdinand Bunde e Caroline Lilye nascido na Pomerânia foi Albert. Nascido em 06 de julho de 1866.

7. Depois da chegada ao Brasil e ainda em Joinville, o casal teve mais uma menina. Em 24 de maio de 1872 nasceu Emilie Auguste Wilhelmine, que foi batizada na Igreja Luterana de Pirabeiraba em Joinville dia 16 de junho do mesmo ano, foram seus padrinhos Friedrich Bibow, Emilie Bunde (provavelmente a irmã de Albertine) e Bertha Bunde (a mulher de Friedrich). Na ocasião a família declarou residência em Piraythal. Emilie casou dia 08 de julho de 1890 em Curitiba com o jovem Alwin Hermann Bräscher, nascido no Rio Grande do Sul em 1866, filho de Michel e Maria geb. Roth, foram padrinhos do casamento Abraham Glaser e Julius Koch, veja aqui.

Ferdinand e família mudaram da colônia Dona Francisca (Joinville) para Curitiba, para saber quando e como, clique aqui e aqui.

Foi indispensável para a organização das famílias de Carl Bunde e Ferdinand Bunde, o acesso às fichas de pesquisa do professor da UFPR, Sérgio Odilon Nadalin. Muito obrigada !




terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

A FAMÍLIA DE HEINRICH BUNDE


Heinrich Ernest Christoph nasceu aproximadamente no ano de 1823 e declarou no batismo de sua filha Anna em 1866, já no Brasil, que era nascido em Koseeger (atual Kozia Góra, na Polônia), no Kreis Kolberg-Körlin, na PomerâniaQuando mudou para o Brasil, Heinrich e família, residiam em Natztow (atual Nasutowo, Polônia), no kreis Belgard.

Desembarque de Heinrich no Brasil:

Navio: Franklin
Capitão: Benzin
Saída de Hamburgo: 25 de abril de 1861
Chegada na Colônia: 18 de julho de 1861
Destino: Dona Francisca e Blumenau
Passageiros: 199 (L) e 96 (J)
Nascimentos a bordo: 02
Falecimentos a bordo: 05

BUNDE, Anna: 57 anos, Becken, Prússia, casada, 3ª classe. (J e L)
BUNDE, Heinrich: 38 anos, lavrador, Natztow, Prússia, c/ mulher Friederike (34), filhos Friedericke (5), Auguste (2 ½ ), 3ª classe. (J e L)

Lista L – do embarque em Hamburgo
Lista J – entrada do imigrante na Colônia por ocasião do desembarque no porto de São Francisco do Sul


1. A filha mais velha de Heinrich Ernest, a pequena Wilhelmine Friederike Christine Bunde, nasceu dia 24 de abril de 1856 na Pomerânia. Casou com Karl Friedrich Ferdinand Schneumann e com ele teve os filhos: 
Richard (~1873, casado com Emília Schumacher), 
Albert Wilhelm August (1880), 
Ida Anna Emilie (1884), 
Otto (~1886, casado com Maria geb. Blank, filha de Laura geb. Jacobi), 
Franciska Bertha Wilhelmine (1889, casada com Wilhelm Karnopp), 
Emma (~1892 casada com Carl Miers). 


Foto sem data, na estrada Blumenau em Joinville-SC com Franciska Schneumann, o  marido Robert Karnopp e os filhos. Do lado direito a mãe de Robert (Wilhelm), Bertha Maria, acervo de Lucas A. Karnopp.

Wilhelmine Friederike Christine Schneumann geb. Bunde faleceu dia 16 de agosto de 1938 tendo sido sepultada no cemitério da Estrada de Blumenau.
Óbito de Friederike, www.familysearch.orgBrazil civil registration, Joinville, Joinville, óbitos 1938-1939, pp. 147-337

2. Sobre a segunda filha de Heinrich Bunde, Auguste, nascida no início de 1859 também na Pomerânia, não se tem notícias.

3. Em Dona Francisca nasceu mais uma filha, Alwine Rosete Wilhelmine, dia 06 de julho de 1862. Em 1876 na Igreja Luterana Joinville-Centro, Alwine Rosete fez a confirmação de seu batismo. Nesse sacramento declarou que residia na Berg strasse (Estrada do Morro). Em 12 de dezembro 1882 casou com Wilhelm August Daniel Braatz.

4. Em seguida nasceu Anna Sophie Johanna, dia 04 de março de 1866, batizada em 21 de maio de 1866 na Igreja Luterana de Pirabeiraba, sendo padrinhos Heinrich Krüger, Johanna Trapp, Maria Klobin, Albert Retzlaff e Wilhelmine Schier.

Em 1869,  Friedrike Sophie Bunde geb. Behling (a mãe das meninas e esposa de Heinrich) faleceu, veja aqui (pg.6). Heinrich casou novamente com Marie Friedrike Christine Voss, nascida em 17 de janeiro de 1841 em Katzow, Greifswald, Stralsund. Com ela teve mais alguns filhos.

5. Emilie Caroline Johanne Bunde, nascida em 25 de janeiro de 1870, batizada em 30 de janeiro de 1870, sendo padrinhos, Caroline Bunde (provavelmente a mulher de Ferdinand Bunde), Anna Maria Habeck e Johann Voss.

6. Albert Heinrich Wilhelm, nascido em 02 de fevereiro de 1872 e batizado em 25 de fevereiro de 1872, sendo padrinhos Heinrich Bunes (talvez Bunde ?), Wilhelm Kuka e Albertine Bunde (minha trisavó, filha de Christian Bunde).

Albert não casou e residia na Berg strasse (Estrada dos Morros) quando faleceu dia 14 de dezembro de 1921 contava com 49 anos de idade. Foi sepultado  no cemitério da mesma estrada.
Para visualizar óbito de Albert, www.familysearch.orgBrasil, Civil Registration, Joinville, Joinville, óbitos fev/1921 a maio/1922, pp. 161/230

7. Em 30 de agosto de 1881 nasceu mais uma menina, Ida Johanna Friedrike, foi  batizada dia 27 de novembro do mesmo ano, na Igreja Luterana de Pirabeiraba em Joinville. Foram padrinhos, Friedrich Schulz, Johanna Vogelsanger, Emilie Voss.

Todos os batismos foram realizados na Igreja Luterana de Pirabeiraba – Joinville e até então Heinrich residia em Piraythal (vale do Piray) na Berg Strasse (estrada do Morro).

Em maio de 1917, residindo na Berg strasse (Estrada do Morro) faleceu Marie Friedrike Christine Bunde geb. Voss (a segunda esposa de Heinrich). Foi sepultada no cemitério da Estrada dos Morros, Annaburg, veja aqui.

A família de Heinrich Ernest Christoph Bunde não se transferiu para Curitiba, continuou a viver em Joinville.